Olá, Pessoal, tudo bem?

Espero que sim! E que esteja tudo em paz por aí!

Antes de entrar na dica de hoje propriamente dita, quero compartilhar que tenho e terei algumas novidades do lado de cá. A que eu posso compartilhar neste momento é que me formei em Coaching de fato e de direito…E agora algumas dicas terão algumas ferramentas para você, se for quiser, aplicar em si.

Fazer o curso de Coaching era um grande objetivo (e sonho) e antes de tomar esta decisão, a “São Tomé” aqui resolver viver o processo… vivi por 4 anos e cheguei ao ponto deste ano.

Calma, sem pensamentos rápidos… você pode deve estar pensando: Debora, você fez um processo de Coaching por 4 anos?!

Nãoooooo… o Coaching é muito mais rápido, dura na casa de 8 a 12 sessões e trabalha sobre um objetivo específico. A questão é que gostei da “brincadeira”, atingi um grande objetivo e quis mais… e mais e mais… Até o ponto que cheguei este ano de que agora acredito no processo, vi o resultado e mais do que nunca estou alinhada aos meus valores pessoais e missão de vida que é ajudar aos demais no despertar de suas carreiras e decidi me formar para atuar.

Por conta disso, quero compartilhar com vocês uma ferramenta fundamental para você tomar as rédeas de sua carreira: a SWOT Pessoal…

Para iniciar o processo de Coaching de Carreira precisamos mapear valores, missão, visão e etc… E tudo isso é algo que vou falar mais para frente… Para não ficar esperando o ótimo que seria escrever tudo isso para depois a SWOT, vou fazer o bom que é falar desta belezura.

Ela serve para você começar a mapear sua fortalezas e suas fraquezas, bem como estar atento às ameaças e oportunidades que você pode obter por meio dos primeiros itens.

Vamos lá:

SWOT é um termo é que formado pelas iniciais das palavras a seguir em Inglês: Strengths, Weaknesses, Opportunities, Threats. Em português, podemos encontrar como FOFA: Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças.

Esta ferramenta ela nasceu na Administração de Negócios, mas pode ser perfeitamente replicada para você se autoanalisar.

Para lhe ajudar, fiz uma para você. Acesse aqui 2017_Ferramentas_SWOT Pessoal_Dicas de Carreira.

Como você pode ver abaixo, são 4 quadrantes para que você identifique os pontos alinhados a cada um.

Para mapear suas forças, pense em tudo aquilo que você faz bem, especialmente as coisas que você faz muito bem e parecem fáceis (estas são os nossos dons, que embora devamos aperfeiçoa-los, são nossas pré-disposições); pense nos elogios que você recebe, nas situações que você se diferencia positivamente dos demais. Como as pessoas próximas falariam de você e lhe elogiariam? Aqui você poderá colocar aspectos comportamentais e técnicos ou que misturem ambos, por exemplo: uma pessoa que tenho habilidades de comunicação com diferentes públicos (esta envolve aspectos técnicos e comportamentais). Se puder, pense em uma situação que comprove esta fortaleza. Pense em como você é que lhe faz um serzinho especial…

A melhor frase para mapear força é “O que lhe faz único ou única?” – Romântico e matador, não?!

Para as fraquezas,  aquela parte que nem sempre gostamos de fazer principalmente quem é perfeccionista. Mas é fato que viemos ao mundo com vários defeitos de fábrica… O ponto aqui será entender eventuais dificuldades que você anda tendo ou puxões de orelha. Também podem ser técnicos, comportamentais ou que envolvam ambos. Como vai sua organização (evidências: sua mesa, seu carro, seu quarto, sua bolsa)? Pontualidade? Controle Emocional (ou gênio, popularmente falando)? Como vai o Inglês? Excel e outros apps? Habilidades políticas? (Sabe dançar a valsa corporativa? Vamos dizer valsa, pois ela precisa ser elegante… mas há quem pense que há dias que é parecido com o funk ou rock pauleira, não é mesmo?! ;-))

Para as oportunidades, pense agora no que você pode vir a obter com suas forças. Como tirar proveito daquilo que você sabe fazer bem? Como você pode ganhar dim-dim? Se tenho um objetivo profissional e pessoal, como meus pontos fortes podem me ajudar a chegar mais perto destas metas e sonhos?

Para as ameaças, o que você pode perder com base nas suas fraquezas? Supondo que você não seja uma pessoa (auto)motivada… você poderá perder a oportunidade de evoluir sempre mais, pois precisa de alguém de fora para lhe dar a ânimo para você entrar em ação. Você pode ser uma pessoa de sorte em ter pessoas que lhe motivem, mas pense bem se isso é bom… O que você pode perder se não melhor o Inglês? O que você pode deixar de ter se for uma pessoa geniosa e sem filtros no ambiente de trabalho?

Bom… divirta-se alguns minutos pensando nestas questões e fique à vontade para baixar o material que inseri como link.

Depois a SWOT, você poderá fazer um plano de ação… e vou falar sobre isso nos próximos capítulos, ok?

Grande abraço e que sua vida seja cheia de luz… E ao ser luz, que você ilumine e não ofusque.

SWOT Pessoal

SWOT Pessoal

»

  1. […] havia prometido, vou falar a respeito do Plano de Ação. Imagino que você pode ter lido a dica 60 e ficou aguardando o plano e lógico que eu não iria lhe […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s